• Pular para o conteúdo
  • Diminuir letra
  • Aumentar letra
  • Fundo Preto
  • Fundo Normal
  Página Inicial Setores SUSEP Coordenação-Geral de Fiscalização Direta pld AVALIAÇÃO NACIONAL DE RISCO DE PLD/FT  

AVALIAÇÃO NACIONAL DE RISCO DE PLD/FT

O que é a Avaliação Nacional de Risco de PLD/FT (ANR)?

A ANR identifica e cataloga os maiores riscos de lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo (LD/FT) existentes em determinada jurisdição. É um grande exercício com o objetivo de se identificar, avaliar e entender, em relação a LD e FT:

  • as ameaças 
    • Ex: crimes antecedentes associados à LD e FT
  • as vulnerabilidades
    • Ex: oportunidades ou situações que facilitam a LD e o FT
  • os riscos existentes
    • O risco é uma função da ameaça com a vulnerabilidade

 

O processo da ANR exige a identificação das atividades criminosas que geram maior lucratividade, uma avaliação das vulnerabilidades dos setores financeiro e privado à LD, a avaliação dos controles previstos, das fraquezas do sistema de persecução penal e da eficácia da prevenção à lavagem e do combate ao financiamento do terrorismo (PLD/FT) já existentes.

A ANR é uma boa prática que permitirá ao país determinar medidas preventivas mais eficazes e fazer uma melhor alocação de recursos que passam a acontecer com base no nível dos riscos identificados e assim mitigar fluxos financeiros ilícitos.

Além disso, a execução da ANR é um passo imprescindível para a próxima avaliação mútua do Brasil pelo GAFI/FATF.

 

Como foi feita a avaliação nos mercados regulados pela SUSEP?

A Susep executou uma avaliação setorial do risco de LD/FT nos primeiros meses de 2020, buscando identificar e compreender os riscos a que estão expostos, tanto as empresas dos mercados quanto a prórpia autarquia. 

A avaliação foi feita por servidores da Susep através de consulta a especialistas próprios e do mercado.

 

Quem está conduzindo os trabalhos da ANR?

Foi instituído o Grupo de Trabalho de Avaliação Nacional de Riscos de Lavagem de Dinheiro, Financiamento do Terrorismo e Financiamento da Proliferação de Armas de Destruição em Massa pelo Decreto nº 10.270, de 6 de março de 2020. Este grupo de trabalho é coordenado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) em conjunto com representantes do Ministério da Justica e do Banco Central do Brasil.

Segundo esse decreto, o grupo de trabalho por ele criado realizará diagnósticos periódicos que serão consolidados na Avaliação Nacional de Risco. 

 

Os resultados da ANR serão publicados?

A primeira ANR já está disponível para download por todos os regulados dentro do sistema SISCOAF. Seus resultados devem ser levado em conta por todo o mercado no momento de avaliar seus riscos internos de LD e FTP. 

 

Retornar ao portal de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Combate ao Financiamento do Terrorismo (PLD/FT)  

 

Ações do documento